HOME
QUEM SOMOS
RESULTADOS
CADASTRO
NOTICIAS
CONTATO


Leilão Nelore Positivo registra aumento de 38% nas vendas em 2019
2019-10-30 14:38:56

O 15º Leilão Nelore Positivo aqueceu os ânimos da pecuária alagoana na última terça-feira (29). Sendo um dos eventos mais esperados da 69ª Expoagro/AL, os animais da criação CPMF foram os protagonistas da noite, apresentando os investimentos feitos pelo grupo para a formação de um rebanho de qualidade e produtividade. Em termos de arrecadação, o remate superou os valores da edição de 2018, faturando o total de R$ 1.454.570,00, com um crescimento de 38% nas vendas. 

 

Conhecido pela democratização na oferta bovina, o leilão apresentou uma variedade da raça nelore disponível para atender a todas as prateleiras do mercado de gado de corte. “Todos os segmentos da pecuária estão presentes em nosso leilão, desde a seleção de touros e novilhas PO, até o meio do gado de corte, com bezerras e bezerros e novilhas a ponto de serem touradas. Estamos buscando sempre aprimorar nossos trabalhos através de atualizações do que está sendo tendência no mercado agropecuário e na seleção bovina, para que a evolução em nossa criação seja contínua”, pontua o promotor do leilão Celso Pontes de Miranda Filho. 

 

Com a venda de 70 lotes, registrando um total de 433 animais, o remate também obteve aumento nos valores gerais. O ganho com a venda de animais Nelore PO fêmeas chegou na casa dos R$ 12.933,33, já no total por lotes apresentou uma elevação para R$ 20.779,57. Os grandes destaques do leilão foram as comercializações de 18 bezerros, vendidos por R$ 46.440,00 e do lote com 20 fêmeas cruzadas, que apurou o total de R$ 36.600,00. 

 

O Leilão Nelore Positivo comemorou seus 15 anos com casa cheia, sendo a última oportunidade para os criadores adquirirem gado da raça nelore na 69ª Expoagro/AL. “Toda a cadeia da pecuária está aqui. Recebemos grandes amigos e convidados que confiam na qualidade CPMF. Nossas expectativas foram superadas e encerramos esta edição na pensando no 16º Leilão Nelore Positivo”, conclui Celso. 

 

 

Fonte:
Link de acesso: