HOME
QUEM SOMOS
RESULTADOS
CADASTRO
NOTICIAS
CONTATO


Rota da Merenda Legal desembarcará na região Sul de AL na terça (23)
2021-11-18 18:42:30

O Rota da Merenda Legal, evento promovido pela União das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária de Alagoas (Unicafes-AL), foi sucesso em seu primeiro encontro realizado na região metropolitana, e agora segue para a região do Baixo São Francisco e Litoral Sul de Alagoas, na próxima terça-feira, 23, das 8h30 às 11h30, no auditório do Instituto Federal de Alagoas (IFAL). O evento vai apresentar os produtos da agricultura familiar para os gestores da região e ainda debater a importância da efetivação do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) nos municípios com a compra mínima de 30% da agricultura.

A programação conta com duas palestras sabre  "a importância dos alimentos da agricultura familiar na merenda escola” e  “atualização da legislação do PNAE sobre os alimentos da agricultura familiar”.  A Quitanda Coop mais  uma vez será aberta ao público  com degustação. 
O encontro Rota da Merenda Legal  deverá contar com a participação dos seguintes municípios:  Barra de São Miguel, Roteiro, Jequiá da Praia, Coruripe, Feliz Deserto, Piaçabuçu, Penedo, Igreja Nova, Porto Real do Colégio e São Brás. 
 De acordo com o presidente da Unicafes Alagoas, Antonino Cardozo, o  evento é a principal vitrine para os produtos da agricultura familiar. “O Programa passou a ser a principal estratégia de comercialização dos produtos da agricultura familiar, colocando à disposição os mais variados itens para  a merenda e demais cardápios dos órgãos público. A ideia é agir em rede de colaboração, apoiado em atores como o Tribunal de Contas, municípios, associação de procuradores, conselho de nutrição, secretárias de educação  e agricultura, além das comissões de licitação e compras”, destacou o presidente da Unicafes Alagoas. 


Em 2020,  segundo levantamento feito pelo Sebrae Alagoas, somente  10% dos municípios  chegaram a adquirir os itens alimentícios ofertados pela agricultura familiar nas chamadas públicas para o Programa Nacional de Aquisição de Alimentos  (PNAE), principal cliente das famílias que produzem frutas, legumes, raiz, granjeiros, leite e verduras. 
Com cerca de 10  mil agricultores familiares em seu grupo de 34 cooperativas, a Unicafes tem buscado  solucionar, de forma criativa, o problema milenar da inclusão do agricultor familiar nas chamadas, buscando mais espaço para  efetivação da Lei 11.947 de 2009, que versa sobre a obrigatoriedade de destinação de 30% do orçamento, no mínimo, para compra dos pequenos agricultores.  

“Esse é um programa que o programa que pode revolucionar a forma de negociar com a agricultura familiar e  encaminhar uma maior participação desse segmento nas compras públicas, no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e  entre  o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Alagoas pode ser exemplo para o País”, reiterou Cardozo. 

Fonte:
Link de acesso: